Estude com quem mais aprova. escolha um plano e faça parte dos milhares de alunos que são aprovados todos os anos com o Proenem
Pesquisar

Estude para o Enem totalmente grátis

O que é sociologia?

O que é sociologia?

A Sociologia é uma ciência que estuda as ações humanas, o comportamento humano através das relações sociais, além, é claro, de se dedicar aos conflitos da sociedade e suas implicações.

E O QUE É SOCIOLOGIA?

Os processos que interligam essas relações podem estar intimamente ligados às instituições, às comunidades, às associações e aos grupos, que se organizam criando uma rede em que os indivíduos passam a interagir. A Sociologia está em nosso cotidiano, pensando as relações da sociedade moderna. As relações e tipos de trabalho, a desigualdade, as formas de estratificação das sociedades, as posturas econômicas e suas influências nos problemas e questões da coletividade.

SOCIOLOGIA: A CIÊNCIA DA CRISE

Ao longo do século XIX, desenvolvia-se na Europa uma corrente de pensamento denominada Positivismo. Influenciada pelas ideias iluministas, o Positivismo acredita que a ciência é a única forma que possibilita o progresso da humanidade, contrariando visões anteriores que possuíam perspectivas míticas e religiosas.

O Positivismo teve na figura do filósofo Augusto Comte seu criador, sendo também posteriormente considerado um dos pais da Sociologia. Durante o século XIX, a Europa passava por uma série de revoluções e alterações sociais, principalmente a Revolução Industrial e a Revolução Francesa. Comte antes de falar em “Sociologia”, chamava a ciência de “física social”, portanto ele achava que poderia se inspirar nas ciências naturais para entender a sociedade.

Enquanto a Revolução Industrial alterava toda a forma de produção econômica, a Revolução Francesa modificou os paradigmas acerca da política e meio intelectual. A modificação do ambiente urbano foi marcante, com crescimento de grandes cidades e trabalhadores exercendo suas funções em condições críticas de trabalho.

A Revolução Francesa implementou novos valores sociais, dando espaço para a nova classe Burguesa adentrar o jogo político, deixando de lado valores do antigo regime. A Burguesia buscava sua participação pautada em valores racionais, não aceitando mais os valores religiosos impostos pelos antigos aristocratas.

Esse conjunto enorme de mudanças estruturais dentro do continente europeu gerou as condições necessárias para o surgimento da Sociologia, já que sentiu-se a necessidade de uma ciência com objetivo de estudar as novas relações sociais. Comte foi o responsável por nomear a nova disciplina, que deveria ser pautada por buscar as soluções para essa nova sociedade que surgia na Europa.

A Sociologia hoje, não mais se restringe aos debates que envolvem as condições de trabalho e indústria, tornou-se uma ciência que estuda as mais variadas relações presentes na sociedade, desde os novos movimentos globalizantes, até as relações de gênero.

A SOCIOLOGIA NO MUNDO ATUAL

O século XVIII promoveu mudanças que transformaram de modo decisivo os cenários intelectual, social, político e econômico da Europa e a Sociologia surge para tentar dar conta dessas transformações, mas as transformações não pararam por aí.

O Século XX promoveu e o Século XXI ainda promove alterações profundas em aspectos tão amplos quanto são complexas as relações do mundo contemporâneo. Foram mudanças nas formas de trabalhar e produzir, guerras mundiais, conflitos étnicos, conflitos de motivações religiosas, formação de grandes blocos econômicos e políticos.

Em processo, temos Globalização, a revolução promovida pelos meios de comunicação virtuais, as redes sociais. A consolidação dos debates envolvendo identidades, gênero, sexualidade. Ainda em destaque, as discussões a respeito do meio ambiente em perspectivas locais e globais.

Falando de Brasil, o Século XX foi marcado por pensadores sociais que buscaram entender a formação nacional. Nos apresentaram pesquisas de profundidade histórica, cultural, econômica, política e religiosa para tentar dar conta da complexidade da chamada identidade nacional.

O Século XXI promove provocações igualmente densas. A compreensão dos problemas sociais brasileiros, a segregação socio-espacial, desigualdades em sentido mais amplo, a violência urbana; a complexa dinâmica política do país, as questões envolvendo as diversas religiosidades, debates ambientais, questões raciais, a temática indígena etc.

Em suma, uma variedade robusta de profundas e velozes transformações do cotidiano e da vida social que impõem, sistematicamente, desafios à Sociologia na busca do entendimento do contexto social.

Quer aquele empurrãozinho a mais para seu sucesso?

Baixe agora o Ebook PORQUE VOCÊ PODE, gratuitamente!

Precisando de ajuda?

Entre em contato agora

👋E aí, ProAluno! Em que posso te ajudar?
Central de Vendas Central do Aluno