Estude com quem mais aprova. escolha um plano e faça parte dos milhares de alunos que são aprovados todos os anos com o Proenem
Pesquisar

Estude para o Enem totalmente grátis

COMO NÃO CAIR NAS PEGADINHAS DO TEXTO DE APOIO

COMO NÃO CAIR NAS PEGADINHAS DO TEXTO DE APOIO

Nesta seção, vamos comentar alguns temas relacionados a seus textos de apoio que foram considerados por muitos candidatos um desafio mais complexo. Para isso, partimos de algumas edições anteriores que você já deve ter visto em algum lugar ou mesmo aqui em nossos módulos.

COMENTÁRIO INICIAL

O texto de apoio, criado inicialmente para ajudar o candidato a compreender o tema, muitas vezes representa o elemento em que o candidato se baseia para fugir do tema. Seja pela leitura equivocada, seja pela falta de costume ao lidar com esses textos de apoio, seja pelas informações que ali aparecem e acabam por desorientar os candidatos menos atentos.

2013 – PROPOSTA PARA QUAL PROBLEMA?

PROPOSTA DE REDAÇÃO

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Qual o objetivo da “Lei Seca ao volante”?

De acordo com a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), a utilização de bebidas alcoólicas é responsável por 30% dos acidentes de trânsito. E metade das mortes, segundo o Ministério da Saúde, está relacionada ao uso do álcool por motoristas. Diante deste cenário preocupante, a Lei 11.705/2008 surgiu com uma enorme missão: alertar a sociedade para os perigos do álcool associado à direção.

Para estancar a tendência de crescimento de mortes no trânsito, era necessária uma ação enérgica. E coube ao Governo Federal o primeiro passo, desde a proposta da nova legislação à aquisição de milhares de etilômetros. Mas para que todos ganhem, é indispensável a participação de estados, municípios e sociedade em geral. Porque para atingir o bem comum, o desafio deve ser de todos.

Repulsão magnética a beber e dirigir

A lei da física que comprova que dois polos opostos se atraem em um campo magnético é um dos conceitos mais populares desse ramo do conhecimento. Tulipas de chope e bolachas de papelão não servem, em condições normais, como objetos de experimento para confirmar essa proposta. A ideia de uma agência de comunicação em Belo Horizonte foi bem simples. Ímãs foram inseridos em bolachas utilizadas para descansar os copos, de forma imperceptível para o consumidor. Em cada lado, há uma opção para o cliente: dirigir ou chamar um táxi depois de beber. Ao mesmo tempo, tulipas de chope também receberam pequenos pedaços de metal mascarados com uma pequena rodela de papel na base do copo. Durante um fim de semana, todas as bebidas servidas passaram a pregar uma peça no cliente. Ao tentar descansar seu copo com a opção dirigir virada para cima, os ímãs apresentavam a mesma polaridade e, portanto, causando repulsão, fazendo com que o descanso fugisse do copo; se estivesse virada mostrando o lado com o desenho de um táxi, ela rapidamente grudava na base do copo. A ideia surgiu da necessidade de passar a mensagem de uma forma leve e no exato momento do consumo.

Como temos visto, uma boa estratégia para motivar a inspiração na hora de escrever é olhar para o tema e reconhecer o problema. Em alguns é mais simples, em “Caminhos para o combate à intolerância religiosa no Brasil”, por exemplo, o problema é intolerância religiosa, mas em se tratando de “Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil”, qual seria o problema?

Na construção da proposta de intervenção, muitos candidatos travaram, por não serem capazes de fazer essa identificação. Outros declararam concordar com a medida e acreditaram que só este posicionamento já valeria como resposta.

O aparente impasse está no fato de muitos candidatos tentarem buscar defeito/ problemas na própria Lei Seca, o que seria mais complicado de se fazer. No entanto, o texto de apoio mostra com clareza que o problema relacionado ao tema é o fato de muitos motoristas dirigirem alcoolizados. Portanto,

Outro fato relevante é perceber que o tema começa com a palavra “Efeitos”, ou seja, exige do candidato a apresentação de consequências relacionadas ao tema. Quem escreveu sem apresentar o legado da lei, obteve uma avaliação mais baixa.

2014 – PUBLICIDADE INFANTIL É PUBLICIDADE DE CRIANÇA OU PARA CRIANÇA?

Na verdade, o tema era uma pegadinha. O candidato só perceberia a intenção do tema aplicado na prova a partir da leitura dos textos de apoio, o que foi um marco na história do ENEM. Como não é indicado que o aluno empregue informações desses textos em sua redação, muitos professores orientavam seus alunos a nem os lerem. A orientação comum era: “veja o tema e faça sua redação, pois cópia ou paráfrase do texto de apoio afetam sua avaliação”.

Muitos candidatos interpretaram o tema de maneira diferente da banca e foram punidos por tangenciamento.

UMA PEGADINHA SÉRIA: o tema era “publicidade infantil em questão no Brasil”; no entanto, o infográfico (texto que mais chama atenção na coletânea) trazia a inscrição “publicidade para crianças no mundo”, e apresentava o comportamento de diversos países diante do assunto. Muitos candidatos redigiram suas redações sem citar o Brasil, discutindo o problema no mundo de forma ampla e foram apenados por tangenciamento.

Ou seja, sobre o tipo da publicidade, era obrigatório considerar o texto de apoio. Sobre o lugar da publicidade, era necessário considerar as palavras do próprio tema.

Vale ressaltar que os candidatos que discutiram o assunto dentro e fora do Brasil não foram prejudicados.

PROPOSTA DE REDAÇÃO

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema Publicidade infantil em questão no Brasil, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

TEXTO I

A aprovação, em abril de 2014, de uma resolução que considera abusiva a publicidade infantil, emitida pelo Conselho Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), deu início a um verdadeiro cabo de guerra envolvendo ONGs de defesa dos direitos das crianças e setores interessados na continuidade das propagandas dirigidas a esse público.

Elogiada por pais, ativistas e entidades, a resolução estabelece como abusiva toda propaganda dirigida à criança que tem “a intenção de persuadi-la para o consumo de qualquer produto ou serviço” e que utilize aspectos como desenhos animados, bonecos, linguagem infantil, trilhas sonoras com temas infantis, oferta de prêmios, brindes ou artigos colecionáveis que tenham apelo às crianças.

Ainda há dúvidas, porém, sobre como será a aplicação prática da resolução. E associações de anunciantes, emissoras, revistas e de empresas de licenciamento e fabricantes de produtos infantis criticam a medida e dizem não reconhecer a legitimidade constitucional do Conanda para legislar sobre publicidade e para impor a resolução tanto às famílias quanto ao mercado publicitário. Além disso, defendem que a autorregulamentação pelo Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) já seria uma forma de controlar e evitar abusos.

TEXTO III

Precisamos preparar a criança, desde pequena, para receber as informações do mundo exterior, para compreender o que está por trás da divulgação de produtos. Só assim ela se tornará o consumidor do futuro, aquele capaz de saber o que, como e por que comprar, ciente de suas reais necessidades e consciente de suas responsabilidades consigo mesma e com o mundo.

2015 – UÉ, TINHA “PERSISTÊNCIA”?

“A persistência da violência contra mulher na sociedade brasileira” também assustou muitos candidatos. Muitos focaram em “violência” ou “mulher”, mas se esqueceram de mostrar que se trata de um fenômeno que vem do passado e nos atinge no presente.

Baseados no texto de apoio, muitos candidatos só descreveram o problema ou apresentaram apenas as consequências, motivados pela palavra “impactos” do infográfico. No entanto, o primeiro dos textos de apoio já indicava um problema assustadoramente crescente entre 1980 e 2010.

PROPOSTA DE REDAÇÃO

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira”, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

TEXTO I

Nos 30 anos decorridos entre 1980 e 2010 foram assassinadas no país acima de 92 mil mulheres, 43,7 mil só na última década. O número de mortes nesse período passou de 1.353 para 4.465, que representa um aumento de 230%, mais que triplicando o quantitativo de mulheres vítimas de assassinato no país.

2017 – FORMAÇÃO EDUCACIONAL OU PROFISSIONAL?

Em 2017, é curioso. A banca apresenta o tema “Desafios para formação educacional de surdos no Brasil”. A frase sugere que o candidato deva discutir problemas (desafios) em nosso país (no Brasil), na área de educação (formação educacional).

Contudo, o Texto III traz em letras grandes um desafio relacionado ao mercado de trabalho. A imagem mostra um cidadãosurdo já pós-graduado cujo problema não é educação, mas a falta de oportunidade de emprego.

Nesse sentido, muitos candidatos fizeram suas redações baseadas nos desafios que o surdo enfrenta para se colocar no mercado, pouco ou nada comentando sobre a questão da escolarização. Foram apenas por isso!

Em todos os temas que discutimos, não há uma intenção deliberada de prejudicar os candidatos. A banca apresenta dados que podem suscitar reflexões sobre possíveis causas ou consequências dos problemas ou faz um recorte para tornar o tema mais específico e, portanto, de melhor escrita e isso acaba por prejudicar os desavisados que não conhecem o modelo do exame.

Portanto, oriente-se pelas palavras do tema e siga as delimitações impostas por tema + texto de apoio. Seja sempre muito cuidadoso na leitura.

Quer aquele empurrãozinho a mais para seu sucesso?

Baixe agora o Ebook OS SEGREDOS DA REDAÇÃO NOTA 1000, gratuitamente!

Precisando de ajuda?

Entre em contato agora

👋E aí, ProAluno! Em que posso te ajudar?
Central de Vendas Central do Aluno