Estude com quem mais aprova. escolha um plano e faça parte dos milhares de alunos que são aprovados todos os anos com o Proenem
Pesquisar

Estude para o Enem totalmente grátis

SISTEMAS PRODUTIVOS

SISTEMAS PRODUTIVOS

A mudança em relação ao trabalho ocorrida por decorrência de uma mudança em relação ao lucro, vai ser ampliada na Revolução Industrial, um dos maiores acontecimentos da história moderna.

O TRABALHO E A INDÚSTRIA

frederick

⇫ Frederick Winslow Taylor (1856 – 1915) ⇫

A Revolução Industrial vai alterar modelos, formas de entendimento do mundo, concepções de trabalho e compreensões sociais. O mundo nunca mais vai ser o mesmo, o trabalho também não. Vão surgir modelos industriais complexos que alteram a forma de vida e a forma de produção industrial.

TAYLORISMO

Entre os modelos industriais que alteraram e mudaram a história, vale destacar o taylorismo.Formado e elaborado pelo americano Frederick Taylor, o taylorismo caracteriza-se pela ênfase nas tarefas, uma percepção de que as tarefas devem ser realizadas e amplamente divididas, que a divisão de tarefas vai levar ao ganho de tempo e de produtividade.

Taylor também propôs um aumento de trabalho dos funcionários, acreditando que funcionários passaram a se sentir mais valorizados e isso fez com que exercessem seus ofícios com mais prazer, maior acolhimento e enaltecimento dentro da empresa.

FORDISMO

As ideias de Taylor vão ser acolhidas por Henry Ford, americano que vai originar o fordismo, com a implementação de algo fundamental que foi a “linha de montagem”.

Ford

⇫ Ford Modelo T. Produzido entre 1908 e 1927 ⇫

Ford estabeleceu fábricas totalmente verticalizadas, praticando e elaborando todas as etapas da produção e elaboração, buscava-se um barateamento da produção, gerando uma maior possibilidade de barateamento do produto final. O modelo fordista vai ser amplamente utilizado, tornando-se referência da indústria automobilística, grandes estoques, produção em série e em massa.

TOYOTISMO

O fordismo e a produção em massa entram em crise nos anos 1960-70 e começam aos poucos, sendo substituídos pela produção curta, modelo de produção baseado no Sistema Toyota de Produção, também chamado de toyotismo. O toyotismo busca uma produção por demanda, em que vende-se o produto para posteriormente fabricá-lo ou montá-lo, estabelecimento de estoque mínimo e produção altamente flexível, em que o cliente tem o poderio de escolha de elementos da produção. A produção toyotista busca altíssima qualidade, existe uma preocupação contínua com não existência de defeitos, tentativa de buscar perceber os defeitos em sua origem.

⇫ Fábrica Toyota (2011) Ohira, Miyagi – Japão ⇫

Quer aquele empurrãozinho a mais para seu sucesso?

Baixe agora o Ebook PORQUE VOCÊ PODE, gratuitamente!

Precisando de ajuda?

Entre em contato agora

👋E aí, ProAluno! Em que posso te ajudar?
Central de Vendas Central do Aluno